Origami no Clube Alto dos Pinheiros

Cada dia mais acredito no poder da sincronicidade. Gosto muito desta frase que ouvi no curso SpaceLab Prototipação de Sonhos que fiz em Porto Alegre com o Thiago Raidan.

“O acaso só favorece a mente preparada” Louis Pasteur

Fizemos oficinas de origami incríveis no Clube Alto dos Pinheiros em São Paulo. Dividimos em duas mesas – uma para adultos/crianças maiores e outra para crianças pequenas. Eu conduzi as oficinas para as “crianças” maiores e minha esposa fez as oficinas para as crianças pequenas.

Fui um sucesso e espero que inspirem outros clubes e espaços a levarem o origami como forma de arte, educação e entretenimento.

Mas onde fica a sincronicidade? A história começou com um vídeo das oficinas de origami que fizemos no SESC Paulista que compartilhei em um grupo no whatsapp e recebo a seguinte mensagem no final do dia.

Há mais de 15 anos, eu tinha a vontade de conhecer o Wellington Nogueira que é fundador do Doutores da Alegria. Ele é amigo do André François da ONG ImageMagica e foi quando conheci o trabalho dele de levar alegria para hospitais com palhaços.

O origami tem trazido “acasos” como este e no dia seguinte passamos a manhã juntos e até dei uma aula de pavão de origami na Japan House. Além de apresentar o Hiure Queiroz do Sítio do Astronauta que estava fazendo oficinas no SESC Paulista.

O Wellington deu a ideia de criar a OrigamiTerapia como forma de levar leveza para as pessoas, pois nos dias de hoje – segundo ele – o hospital é o mundo. A ideia do Wellington é lançar o conceito do “Playfullness” que é uma brincadeira com Mindfullness que se tornou uma ferramenta para ajudar as pessoas a terem foco no momento presente. A prática da ATENÇÃO PLENA traz benefícios para saúde, pois é como um momento de meditação ativa.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Visit Us On YoutubeVisit Us On InstagramVisit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On Pinterest